29 de novembro de 2020

BET11 Prognósticos, palpites de futebol e melhores casas de apostas

Blog do Apostador on-line, dedicado a dicas das melhores casas de apostas, prognósticos e palpites de partidas de futebol no Brasil e Mundo

Número de patrocínios com Clubes aumenta mesmo na pandemia

2 min read

Desde que o novo coronavírus surgiu e afetou milhares de pessoas as rotinas relacionadas a muitas coisas sofreram alterações.

Com os times de futebol não seria diferente, foram cerca de quatro meses sem que houvesse as partidas de futebol e também mais três meses sem público em todos os estádios. Para enfrentar esse novo cenário foi preciso que os clubes se reinventassem. 

Essas estratégias renderam bons frutos. Mesmo com todos esses desafios os times conseguiram fechar uma quantidade boa de parcerias nesses tempos.

Falando apenas das equipes da série A, foram 26 novos contratos firmados. Além disso, também ocorreram renovações. Foram 11 renovações, o que somado fica 37 patrocínios firmados.

Apesar desses aspectos positivos também houveram rescisões. Ao todo foram 11 contratos que foram rescindidos ou que sofrerão suspensão.

Fazendo uma análise nesses dados podemos ver que o saldo ficou positivo. Isso porque para cada patrocínio que foi perdido os clube fecharam uma média de 3 contratos novos.

 

Por exemplo, alguns novos contratos que podemos citar foram:

Atlético, que firmou com Premium saúde, Betsul e Intralot;

Botafogo por sua vez foi com Eletronil r Zinzane. A Zinzane também fechou com o Bahia;

Corinthians firmou com Galera Group e Positivo.

 

Alguns exemplos de renovação foram:

Bahia com a casa de apostas;

Corinthians com ALE combustíveis; São Paulo com Banco Inter e MRV;

Já a Tim renovou com os times Botafogo, fluminense, Flamengo e Vasco.

 

Já as rescisões foram:

Atlético-Go, que teve o contrato suspenso com a Estadium Bet e WAM;

Azeite Royal rescindiu com o Botafogo, Vasco e Flamengo e suspendeu com o Fluminense;

A  Marjosports suspendeu com o Goiás e rescindiu com o Corinthians e Coritiba;

A Philco suspendeu contrato com o Goiás

Esses dados de novos contratos são reflexos de como os times buscaram novas formas de ganhar receitas. Afinal, nunca houve um período tão longo de paralisação nos jogos como houve agora. Com isso os times se viram obrigados a inovar e sair de sua zona de conforto. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *